A Origem do Natal – Verdadeira e Chocante, Conheça Aqui e Agora!

543

Qual é a real e verdadeira Origem do Natal? Será que Jesus Cristo nasceu mesmo no dia 25 de dezembro como muitos apregoam por aí, e tornam esse dia a data Máxima da Cristandade, e a mais importante dentro do Calendário Anual. Agora, nesse artigo nós vamos analisar os pontos que tornam o Natal um dia supostamente Sagrado, um dia reservado para todos aqueles que pensam viver na Cristandade.

Natal, a sua origem está no Paganismo

Torna-se muito importante para qualquer um de nós sabemos exatamente qual é a origem do Natal. Isto porque é o Natal uma data tanto Comercial quanto Religiosa, a mais importante em nosso Calendário anual, que esconde em sua origem uma história que não tem nada a ver com o Cristianismo.

a-origem-do-natal

A verdade é que isto é uma doação do Paganismo, que foi incorporado pela Igreja Católica Romana ao nosso Calendário Anual, pois estava nas mãos deles fazer este Calendário. Isso tudo aconteceu como o método mais infalível para converter os Pagãos do seu tempo. Só que eles continuaram Pagãos.

É claro e evidente que Jesus Cristo nunca nasceu no dia 25 de Dezembro, segundo o Calendário Hebraico ele teria nascido no dia 10 de Outubro, uma data que ninguém perceberia, pois ela fica incógnita na história para muitos. Esta data é que verdadeiramente marcaria para todos nós a Origem do Natal. Porém todos nós sabemos que Jesus Cristo nasceu em outro dia em Belém da Judéia.

As Bíblias em várias versões e línguas também nos fornecem o lugar certo onde nasceu o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, e o dia também, porém se formos recorrer a Bíblia traduzida para obtermos um estudo sobre o assunto, nós apenas encontraremos contradições Católicas deturpadas.

Porque os Evangelistas não deveriam se contradizer, e não é isso o que nós encontramos, vemos até mesmo o Evangelho de Mateus aquele que traz mais dados para nós, sendo desacreditado. Isto porque existe a crença de que ele foi escrito no Egito dois séculos após a morte de Jesus.

A origem do Natal paganizada

E aí então em nossas Bíblias na Linguagem de hoje existem muitas contradições e divergências sobre um assunto tão importante que é a Origem do Natal. E isto não deveria estar acontecendo dentro da nossa Cristandade. Nos Evangelhos fica até mesmo muito difícil nós conhecermos a verdadeira história de Cristo, porque cada Discípulo conta a história a partir de um ponto de vista diferente, até parece que eles não estavam juntos e dentro dos eventos que aconteceram na época em que Jesus aqui esteve entre nós.

Aparentemente a única coisa certa é que Jesus apareceu no cenário da história do mundo a exatamente 2011 anos. Existem muitos fatos na história que testificam isso. Entretanto há muita coisa envolvida nessa história que não se encaixam verdadeiramente, e a verdadeira história relacionada a Origem do Natal vai ficando para trás, e nós continuamos a viver uma farsa pensando que estamos sendo abençoados por Jesus Cristo. O Filho do Deus Vivo.  

Segundo o que sabemos no Evangelho. Herodes o Grande governava por ocasião do nascimento de Jesus. Também entendemos que segundo a história, Herodes o Grande morreu no ano quarto antes de Cristo nascer. Entendemos que segundo a Bíblia ele morreu logo após ordenar o massacre das crianças. Uma coisa que só aparece no relato Bíblico e mais em lugar nenhum, em Registro nenhum, de qualquer Historiador que seja.

Confusão na data do nascimento

Muitos dados coletados anteriormente nos mostram quase de uma maneira certa, que Jesus nasceu entre os anos Sétimo e Quarto AC, e esta terrível incongruência fica a cargo de um certo Monge Medieval Chamado Dionísio Exiguus que foi o grande responsável para datar o nascimento do Senhor Jesus.

Porém ele se confundiu e causou um atraso de 6 anos na data do Nascimento do Mestre. O que é verdadeiramente importante é que conhecemos, não só o ano do nascimento de Jesus, mas também a estação do ano em que ele nasceu. Assim a origem do Natal está ficando melhor compreensível para nós.

Os relatos Bíblicos afirmam que os pastores passaram a noite a céu aberto naquela ocasião o Evangelho de Lucas também nos relata isso. É muito difícil de acreditar que há 2 mil anos atrás o clima na Judeia permitisse os pastores ficarem a céu aberto durante a noite de inverno, nem passar a noite ao ar livre, porque as temperaturas no mês de Dezembro baixavam consideravelmente. Então a Origem do Natal Cristão certamente não seria no dia 25 de dezembro.

Examinando mais de perto

a-origem-do-natal-2

Por mais que ilógico que nos possa parecer, esse nome “Natal” apareceu muito depois do Cristianismo, entre os anos 320 e 353 DC. Os Cristãos Romanistas da Igreja Católica festejam o Natal no dia 25 de Dezembro uma data que nada tem a ver com o Cristianismo, a Origem do Natal remonta estes períodos de  tempo entre 320 e 353 DC A data esconde também o cúmulo da aberração que muitas pessoas não conhecem.

Naquele tempo todas as coisas do mundo, ou seja, os seus negócios, foram montados para receberem uma aparência Religiosa, a Origem do Natal teve início dentro desse clima de adoração e festa pagã dos heróis dos tempos passados.

Onde no dia 25 de dezembro era a festa pagã que celebrava o Deus Sol, Em meados no século quarto o Papa Júlio Primeiro decretou a data para 25 de dezembro. Dia em que se comemorava o Solstício do inverno e que também coincidia com a festa pagã chamada Saturnália.

A festa Romana da Saturnália era entre O dia 17 e o dia 24 de dezembro, ela convidava a todos os os cidadãos a decorarem as suas casas com coisas lindas e brilhosas, e dar muitos  presente para as crianças e os pobres. Tudo com muita pompa e muitas luzes, assim foi a Origem do Natal.

Quando no festival de 25 de Dezembro denominado Natalis Solis Invictus, que traduzido é, o nascimento do Sol Invicto, o Imperador Aureliano o decretou no ano de 274 Celebrar o Solstício de Inverno, depois, esse dia foi Cristianizado para Celebrar o nascimento do Filho da Luz.

Concluindo

Podemos ver com certeza que os Romanos nunca festejaram o Natal Cristão, e sim a Saturnália, uma festa de origem pagã, que foi transformada em Cristianismo, daí após algum tempo começaram a surgir dentro do interesse de todos os Comerciantes, e também os símbolos do Natal que nós estamos vendo por aí. A Origem do Natal verdadeiro não é esta, porque se existe um Natal que também se celebra o nascimento de Jesus. Este não é o 25 de dezembro!

Comumente quase todas as civilizações têm um Deus do Fogo, o Sol que é chamado de Vulcano, ora pelos Egípcios, e também pelos Romanos. Na Grécia seu nome era Cronos, Assim como com os Fenícios, e também o chamavam de Saturno.

Já na Babilônia, seu nome era Tamuz, Moloque, ou Baal. Porém hoje tudo se avolumou e temos árvores de Natal fantasiosas, copiadas de massacres onde se penduravam cabeças humanas nas árvores, utilizando bolas coloridas, e um falso Papai Noel, mudado até de cor, e modificado pela Coca-Cola.

ESTA É A ORIGEM DO NATAL!

.